Examinando o seu conhecimento




Só você sabe o quão bem você estudou as informações às quais foi apresentado. Você é o melhor juiz para determinar se você pode trabalhar com seu conhecimento aduirido completamente e com confiança. Entretanto, se você precisar de um guia para assegurá-lo de seu grau de conhecimento, as seguintes questões poderão ajudar a testá-lo.


01) Se alguém te pedir para definir Bruxaria, o que você dirá?

02) Você é capaz de falar sobre a história da Arte e como ela se relaciona com a magia?

03) Se alguém te perguntar se você é uma Bruxa branca ou negra o que você dirá? Por quê?

04) Em que tipo de fundação moral a arte se baseia?

05) Você conhece domina algum tipo de oráculo? Tem prática em sua utilização para você mesma e para outras pessoas?

06) Você conhece alguma prática de cura?

07) Você já reuniu e consagrou suas ferramentas rituais?

08) Você sabe para que serve cada uma das principais ferramentas da arte?

09) Se um amigo vier a você pedindo ajuda em questões de amor, saúde, riqueza, proteção, libertação de um feitiço, problemas legais ou auto-desenvolvimento, por exemplo, você poderia criar um feitiço para ajudá-lo? Você poderia incorporar todas as correspondências certas, talismãs, pedras, velas e saber o dia correto, horário e fase da lua durante a qual realizar o feitiço?

10) Você está mantendo um diário de sonhos? Um Livro das Sombras pessoal?

11) Você é capaz de compor um ritual inteiro de Sabbat, de Lua Cheia ou Nova, usando todas as correspondências corretas: o dia, hora, lugar, número, formas do Deus e da Deusa, cores, velas, invocações, etc?

12) Você é capaz de dizer porque a Wicca é importante em sua vida e porque você quer se tornar uma Bruxa ou Bruxo?



Fonte: Templo da Deusa


Marcadores

10 anos de blog A Carga da Deusa A Carga do Deus A Deusa do Norte A magia das fragrâncias A magia dos metais A Pirâmide das Bruxas A Roda do Ano A Wicca de Cada Um Agradecimento Alquimia Altar Animais do Poder Animal Guardião Animal Totem Antiga Religião As faces da Deusa As leis da Wicca As responsabilidades na Wicca Avalon Banimento Bem-vindos! Blog Bruxa de Blair Bruxaria Italiana Bruxas Casamento wiccan Castlefest Chuva de meteoros Círculo Mágico Como me torno um(a) bruxo(a)? Cozinha da Bruxa Crenças Dedicação Dia das Mães Dúvidas Eclipse Egrégora Elementos Encontro Aberto Wicca Ipatinga Encontro Social Pagão® Energias Ervas Estudos Eu sou Pagã Gatos Gerald Gardner Glantonbury Guia de estudos Wicca Guias Espirituais Handfasting Hemisfério Norte ou Sul Hermetismo Imagens pagãs Iniciação Inquisição Jan Duarte Lista de postagens em ordem alfabética Livro das Sombras Livros indicados Lua Cheia Lua de Sangue Lua Sangrenta Mãe Terra Magia dos dias da semana Magia prática Margaret Murray Meditação Merlin Mitos e Lendas Natal Nomes Mágicos O 13º signo e o calendário wiccano O Alfabeto Theban O Deus de Chifres O Mito da Descida da Deusa O mito da Roda do Ano O poder do três vezes três O que é Wicca? O renascimento da Wicca O significado de Blessed Be Orações Oráculos Origens da Bruxaria Os Celtas Os Esbats Os Estudiosos e a Wicca Ouija Pagan Music Salt Lake Paganismo Panteão Brasileiro Panteão Celta Panteão Egípcio Panteão Grego Panteão Hindu Panteão Nórdico Panteão Romano Panteões Pedras e Cristais Planetas Poções Povos Nórdicos Princípio Criador Projeto Gaia Paganus® Receitas Reciclagem Reflexão Reportagem sobre Bruxaria Respeito Rituais e feitiços Rituais para o ano novo Ritual Rosário da Deusa Runas Sabbat Beltane Sabbat Imbolc Sabbat Lammas Sabbat Litha Sabbat Mabon Sabbat Ostara Sabbat Samhain Sabbat Yule Selena Fox Sexta-feira 13 Signos Símbolos Stonehenge Stregheria Tabuleiro Ouija Tempo Mágico Termos usados na Bruxaria Tradições Treze metas Valquírias Varetas Saxônicas Velha Religião Vikings Wicca e fantasia Wicca no Brasil Xamanismo

Comentários