4 de julho de 2008

Termos usados na Bruxaria






Akasha:
Chamado "O Quinto Elemento", é a energia pura de onde se originaram os outros elementos. É o poder espiritual onipresente que permeia o Universo.

Os Antigos:
Algumas correntes da Wicca utilizam estes termos para falar de todos os aspectos da Deusa e do Deus. Normalmente é como os iniciados chamam os povos antigos ricos em sabedoria.

Arte:
Termo usado para designar a própria mágica.

Balefire:
Fogueira ritualística.

Banquete Simples:
Refeição Ritual compartilhada com o Deus e a Deusa, especialmente nos Rituais de Esbats e Sabbats.

Carregar:
Colocar poder pessoal num objeto. O mesmo que imantar ou energizar.

Consciência Ritual:
Estado alterado de consciência alcançado pelo mago através de visualização ou de ritual e que permite o gatilho para as forças mágicas agirem.

Deasil:
Movimento no sentido horário, que é do Sol, realizado durante um ritual, para que passem as energias positivas.

Encantamento:
Ritual mágico, geralmente acompanhado de palavras ou cânticos.

Evocação:
Chamado mágico para espírito e/ou outras entidades para que se manifestem (visivelmente ou não) Diferente de invocação.

Familiares:
Animais pelos quais um feiticeiro sente profundo apego, uma espécie de parentesco. Na Wicca, mais do que em qualquer outra religião, todos os animais são considerados nossos irmãos por quem somos responsáveis.

Filtro:
Tipo de poção mágica para amor. Do grego "philtron", que significa amor.

Glamoury ou Glamour:
Feitiço que promove a ilusão da beleza.

Grimoire ou Grimório:
É o livro de feitiço da Bruxa, uma espécie de livro de receita pessoal, onde você anota os encantamentos mais importantes para você. 

Iniciação:
Em Magia, é um Ritual para se tornar um Bruxo.

Labrys:
Machado de duas lâminas que simbolizava a Deusa na Greta antiga. É ainda usado por Wiccanos como o mesmo objetivo. As duas lâminas representam a Deusa em seu aspecto lunar.

Pagão:
Do Latim "Paganus", significa "Morador do Campo", membro de uma religião pré-cristã, magicamente ou politeísta.

Poder Pessoal:
O poder que mora dentro de cada um, que nasce da mesma fonte que o poder Divino.

Scry:
Ato de olhar fixamente a chama de uma vela, um espelho, uma vasilha de água ou qualquer objeto para obter visões.

Triskele:
Simbolo da Deusa, de suas Trílices manifestações, Donzela, Mãe e Anciã. Também as estações primitivas, Primavera, Verão e Inverno.

Widdershins:
Movimento contrário ao Sol, ou anti horário. Pode ser negativo, ou adotado para dispersar energias negativas ou desfazer o Círculo Mágico após o Ritual.

(Desconheço a autoria)