19 de setembro de 2008

Runas - Alfabeto Sagrado da Magia



Muitos mistérios envolvem o surgimento deste tipo de escrita secreta.
Conheça algumas hipóteses sobre a imagem das Runas.

A Origem dos Símbolos Rúnicos
(Desconheço a autoria)

Existem várias hipóteses sobre o aparecimento das Runas.
Conta-se que os povos germânicos gravavam símbolos nas rochas, pedaços de ossos e gravetos, chamados hallristningar, aproximadamente na idade no Bronze, cerca de 1300a.c. Depois de algum tempo, esses símbolos pictóricos se transformaram em um alfabeto composto de 24 sinais, cada um com um significado diferente. Surgiram os Mestres das Runas, os Runólogos, que manejavam essas pedras com grande sabedoria.

Eram pessoas honradas, que faziam reconhecer pelo modo de vestir e carregavam no cinto uma bolsa com as pedras rúnicas. Há evidências de que um número razoável de praticantes rúnicos eram mulheres. Sabendo que a sabedoria dos Mestres Rúnicos morreu com eles e o que permaneceu são fragmentos da tradição.

Provavelmente, as Runas estariam relacionadas aos cultos indo-europeus dedicados à fertilidade e ao sol. Outra hipótese é que os godos usaram as runas para registro de sua língua falada. Aproximadamente em 1500a.c, os germanos do Norte, que foram os ancestrais dos alemães, já usavam signos rúnicos num sentido mágico de proteção, ajuda e socorro. 

Para que as Runas fossem levadas de lugar para lugar, principalmente pelos guerreiros, missionários anglo-saxões e mercadores, foi necessária a criação de um alfabeto que ficou conhecido com FUTHARK, devido às primeiras seis letras. Embora em alguns alfabetos anglo-saxões chegam a 33 letras, e outros até 28, o Futhanrk germânico tradicional abrange 24 letras, que foram divididas em três famílias de oito Runas. Essas famílias ficaram conhecidas como Aettir, e cada um tinha nome de deuses escandinavos: Freyr, Hagal e Tyr.

São muitas as possíveis origens é que as Runas são de uma época bastante remota, no mínimo tão antiga quanto o idioma hebraico, visto que muitas inscrições foram encontradas escritas da direita para a esquerda.

Origem do Nome

Runas são símbolos que formam a mais antiga escrita germânica. "Runa", do gótico Runa, que significava "uma coisa secreta, um mistério". Também pode ser encontrada no norueguês antigo "run", que significava "segredo" ou ainda no alemão antigo "runa", que significa "aquele que sussurra".

(Desconheço a autoria)