23 de janeiro de 2009

Troca-troca de religião



Troca-troca de religião
(Por Viviane Lopes)

Saudações!

Hoje o assunto é o troca-troca de religião que as pessoas insistem em fazer.

Quando a gente faz uma opção por determinada religião é pra seguí-la. Isso significa que estamos nos identificando com a nova religião e que a antiga, que seguíamos antes, já não condiz com as nossas crenças.

O que acontece muito é que a pessoa se diz wiccana e ao mesmo tempo é católica ou espírita e etc. Ora, não tem como seguir duas religiões ao mesmo tempo, ou você é ou não é. Então, se você ainda não tem certeza que quer ser wiccano, então não se inicie. Fique nos estudos, participe como convidado, se quiser, mas se não está preparado para seguir a religião, não tem porque se iniciar.

Vou dar um exemplo claro disso: Tenho certeza que cada um de nós conhece alguém que mudou de religião. Um exemplo muito comum disso são pessoas que eram católicas e que se tornaram evangélicas. Pois então, vocês já viram essas pessoas irem ao culto num dia e à missa no outro? Eu nunca vi. Isso significa que elas optaram por seguir a outra religião e deixaram pra trás tudo aquilo que seguiam pra seguir uma nova doutrina, um novo estilo de vida, uma nova forma de encarar a vida religiosa.

Na Wicca não é diferente.

A Wicca é uma religião séria e que tem que ser vista com seriedade. Mas isso, infelizmente está faltando. As pessoas continuam insistindo em coisas que aprenderam nos filmes.

Tem gente que pensa que a minha casa é como um terreiro de Pai de Santo. (nada contra os Pais de Santo, cada um com a sua religião, respeitosamente.). O que eu quero dizer é que tem gente que insiste em querer vir aqui pra eu fazer um “trabalho” pra determinada coisa.

Gente, eu não faço isso!
Eu sou wiccana, sigo a religião da Deusa Mãe, celebro os Sabbats, Esbats, etc...

Se você não sabe o que é Wicca, tem tópicos explicativos aqui mesmo neste blog. Por favor, leia e se informe antes de sair por aí tirando conclusões sem sentido.

Não fiquem fazendo perguntas absurdas, procure aprender.

Na igreja católica e na evangélica as pessoas fazem estudos bíblicos pra conhecer a Bíblia mais aprofundadamente, certo? No Islamismo as pessoas lêem o Alcorão e rezam cinco vezes ao dia em horários determinados, obrigatoriamente.

Então, na Wicca também nós estudamos muito sobre todos os ciclos, os significados dos símbolos e tudo mais que envolve nossa religião.

Parem de achar que Wicca e espiritismo são a mesma coisa, porque NÃO SÃO.

Espiritismo é outra religião, Catolicismo é outra religião, Budismo, Indianismo, Islamismo, etc. Todas as religiões têm a sua particularidade. Elas não se misturam. Então por que misturar a Wicca com outras religiões? Isso definitivamente não é possível.

Espero que tenham o interesse de ler e aprender. A Wicca é uma religião muito bonita. É uma pena que seja vista com essa distorção.

Um dia desses eu estava conversando com um rapaz no MSN e ele me disse que era gardneriano e que estava estudando com um "Mestre". Achei estranho, porque até onde eu sei, os gardnerianos são muito fechados em seus grupos e não buscam publicidade, não saem por aí contando vantagem como ele estava fazendo comigo (concluí que era só fachada).

Enfim, ele me perguntou qual tradição eu seguia e eu disse: Nenhuma, mas tenho muita simpatia pela Tradição Diânica. E ele me respondeu: "mas indianismo não tem nada a ver com Wicca".

Eu não disse indianismo. Eu disse TRADIÇÃO DIÂNICA. Nome dado em homenagem à Deusa Diana. Ele nem prestou atenção ao que eu disse. E o que é pior, não conhece a Tradição Diânica, sendo que a primeira coisa que a gente faz é estudar sobre Wicca. Então, se ele estudou, como não conhece as tradições?
E outra: Ele não é gardneriano? Que gardneriano é esse que não conhece vertentes da própria Tradição? Mais uma vez, concluí que era fachada.

Isso significa que não estudou, era mentiroso, queria se fazer de "bonzão".
Então não venha me fazer perguntas idiotas.

Eu conheço um pouco de cada religião, já fiz estudos delas e sei falar um pouco de cada uma. Acho que todos deveriam fazer isso, não só com a Wicca, mas com todas as religiões que forem possíveis.

Pare um pouco e estude. Para entender o que cada religião segue, quais são os mandamentos, doutrinas e etc. Aprenda e se eleve culturalmente, não custa nada e você ainda sai ganhando em conhecimento.

Eu respeito todas as religiões, que tal respeitar a minha?

Obrigada.

Bênçãos plenas!

Texto de Viviane Lopes
(ao copiar mencionem minha autoria)