31 de julho de 2009

Como me torno um(a) bruxo(a)?

Como me torno um(a) bruxo(a)?
(Por Bruxaria.net)

Não vamos enrolar aqui. Se você quer ser um(a) bruxo(a), seguem as principais dicas, que servem como instruções:

Você deve ler MUITO, mas muito mesmo.
Se você está perguntando a si mesmo(a) como faz para se tornar um(a) bruxo(a), isso significa que você não faz parte de um coven (grupo de bruxas e bruxos), portanto seu caminho será solitário, pelo menos no início. Assim, você é seu próprio mestre. Você deve ter sede de conhecimento. Não espere respostas mastigadinhas dos outros.

Corra atrás das informações.
Freqüentemente as pessoas mandam algumas mensagens do tipo: "Não sou iniciada ainda; como posso celebrar os sabás?" ou "Não tenho o athame; como faço para lançar o círculo?". Sabe, são questões que qualquer pessoa que tivesse o hábito freqüente da leitura pagã não faria, pois há muitos livros dando essas respostas. Veja a nossa indicação de livros para adquirir literaturas confiáveis.

Sabe, não que seja "bobo" fazer esse tipo de pergunta, mas os praticantes há mais tempo desanimam de responder, pois sabem que qualquer busca no Google resolveria o problema; nem precisava ir tão longe. As bruxas e bruxos sabem que, se uma pessoa não tiver sede de conhecimento, ela não vai a lugar algum na vida, não falando só da Bruxaria, claro.

Você deve ler MUITO, mas também deve ter a consciência de que nenhum livro é a visão definitiva da Bruxaria ou do Paganismo, mesmo os mais confiáveis.
A Bruxaria, por não ter um conjunto de leis fixas como a maioria das religiões, e também por não ter um livro sagrado que guie seus adeptos, traz uma certa liberdade de expressão na "religião". Assim, há diversas vertentes, tradições e visões. Talvez você se identifique mais com um autor do que com outro, mas isso não significa que deva ler apenas os livros daquele autor. Leia tudo o que puder. Cultura nunca é demais.

Muitos também nos escrevem dizendo que não se sentem à vontade para praticar. "Já estudo há dois anos, mas nunca fiz um ritual". Isso não é Bruxaria. A Bruxaria deve evoluir em teoria e prática. Você só começará a trabalhar seu caminho e espiritualidade como bruxa se desenvolver ambas as coisas.

Não adianta só ler, ou só praticar. Isso causa um desequilíbrio que não a levará a nenhum tipo de aprendizado.

O começo, teoria e prática devem caminhar juntas. Estude muito, leia muito, mas vá praticando singelamente. Ninguém precisa ser um expert em Magia pra começar a praticar. A magia da Natureza está acessível a todos, e é o que as bruxas e bruxos praticam. Se você estiver fazendo com amor e humildade perante os deuses, não há nada de mal, nem qualquer tipo de perigo. Se você não ousar, que tipo de bruxa espera ser?

A verdade é que só a prática faz de você um(a) bruxo(a). Não se preocupe com ritual de iniciação, nada disso. Simplesmente esqueça. Fazer ou não o ritual neste momento não fará de você um(a) bruxo(a). Aos poucos, você perceberá que uma iniciação compromete muito mais do que alguns conhecimentos básicos da religião. Você perceberá também que a iniciação talvez nem seja necessária. Necessário mesmo é praticar, estudar, desenvolver-se espiritualmente, buscar uma conexão íntima com os deuses, saber fazer. Isso só vem com o tempo, com o estudo e com a experiência prática.

Também recebemos muitas mensagens do tipo: 
"Não tenho dinheiro para comprar livros". 
Oras, costumo dar sempre duas respostas bem básicas a essas mensagens conformistas:

1) Existe a internet para fazer pesquisas.
A Internet é um mundo que você pode acessar, senão não estaria me enviando esta mensagem. Portanto, vasculhe neste site inteiro, que você já terá uma base bem legal. Depois, vá em nossa seção de links relacionados e leia os outros sites que estão lá indicados, porque também são muito bons. Sabe, há milhões de opções. Há as listas de discussões, as comunidades do Orkut. Só não aprende quem não quer. Com uma procura rápida no Google, você fica sabendo o básico da Bruxaria em menos de uma semana.

2) Se você tem pressa para ser um(a) bruxo(a), esqueça. 
A Bruxaria não é um pastel, que você pede e em cinco minutos está na sua mão, pronto para ser saboreado. A Bruxaria é para a vida toda; tem gente que estuda décadas e ainda assim sabe que tem muitíssimo a aprender. Aliás, estamos sempre aprendendo. Se você não tem dinheiro para comprar livros no momento, isso é uma desculpa ridícula. Daqui a um tempo você vai estar trabalhando e terá seu próprio dinheiro, nem que seja o suficiente para ler um livro por ano.

Vale lembrar, mais uma vez, que a Bruxaria é um ofício que remete ao seu desenvolvimento pessoal, que é absolutamente interno. Ou seja, você vai perceber que, aos poucos, mudará muito, terá outra visão de muitos fatos, aprenderá a pensar mais antes de fazer, etc.

Vale lembrar também que se você quer se tornar um(a) bruxo(a) porque acha o mundo da Magia "lindo", porque acha que a Bruxaria é como a retratada nos livros do Harry Potter, porque quer ter poder sobre os outros, porque quer ser "diferente" da sociedade ou por qualquer outro motivo que não seja o seu desenvolvimento como ser humano através da Magia da Natureza, então é melhor você parar por aqui. A Bruxaria é para todos, mas nem todos são para a Bruxaria.

Repense suas atitudes e, se perceber que quer ser um(a) bruxo(a) por esta ser a sua real vontade, algo que você quer de coração e que sente não poder mais fugir, seja extremamente bem-vindo(a) a esse mundo mágico. Suas intenções são verdadeiras e é isso que fará de você um(a) verdadeiro(a) bruxo(a).

FONTE: Bruxaria.net