17 de janeiro de 2010

Antiga Oração Druída de Amergrin



Antiga Oração Druída de Amergrin
(para entrar em comunhão com natureza)

Eu sou o vento que sopra pelos mares,
eu sou o animal selvagem,
eu sou a águia no penhasco
eu sou rápido como o gavião,
eu sou o guerreiro de muitas batalhas,
eu sou forte como a lança,
eu sou a ponta de uma espada,
eu sou a pele do tambor que conclama à guerra,
eu sou a corda da harpa,
eu sou o campeão dos fracos,
eu sou a vista da montanha mais alta,
eu sou a sabedoria do poço mais fundo,
eu sou o vencedor do dia e da noite.
Sempre vivi.
Já fui tudo!