20 de novembro de 2010

Caldeirão da Bruxa

Saudações!
Eu encontrei esse poema na internet e achei muito legal.
Espero que gostem!



Caldeirão da bruxa
(por C. R. Suzuki)

No caldeirão da bruxa tem de tudo
Água borbulhante e ingredientes que são um absurdo
Precisa de ervas
Para as poções
De vossos corações

Poção do amor
Uma pitada de dor
Poção da paixão
Uma pitada de excitação
Poção da confiança
Uma pitada da tolerância
Poção da amizade
Uma pitada de verdade
Poção do desespero
Pitadas de muitos temperos
Poção de sofrimento
Pitadas de aconselhamentos
Poção da dor
Muitas pitadas de amor

No caldeirão
Há uma poção
Mas não se assuste
Ela é boa para atitude
Beba uma pouquinho
E estará levinho
Coisas mágicas
Parecem nunca fazer sentido
Mas são necessárias para o destemido

Poções das bruxas
Mexem com vidas
Para fazer o bem
Nele tudo tem
Por isso misture tudo no caldeirão
E beba a poção!